Marketing Digital para Psicólogos: Aprenda como se destacar dos concorrentes

Assim como outros setores da economia que foram impactados pela pandemia, os psicólogos também tiveram que se adaptar e inovar na forma de se relacionar e principalmente atender seus pacientes.

Nesse contexto, onde as pessoas estão cada vez mais conectadas, psicologia e marketing digital passaram a ter que caminhar juntos para captar e interagir de forma eficaz com possíveis pacientes. Mas como usar o marketing digital para psicólogos e como esses profissionais podem se destacar dos seus colegas de trabalho no ambiente digital? Então vem comigo para saber como ter sucesso no universo online.

Quem não é autoridade no assunto não é lembrado

 Você já deve ter ouvido a famosa frase: “Quem não é visto, não é lembrado”? Pois é, hoje em dia podemos substituir por “Quem não tem autoridade no assunto não é lembrado”. Mas como assim? Calma que te explico. Se eu digitar agora no “Oráculo” o termo “psicólogo(a) perto de mim” vão aparecer 274.000.000 resultados no site de busca.

E não basta só ter o seu nome ou o da sua clínica aparecendo no Google, pois quem vai procurar um profissional de psicologia está interessado em saber se ele ou ela é bom mesmo e se vai ajudar a resolver o problema pelo qual a pessoa está passando. O paciente vai querer saber como os outros pacientes avaliam este profissional, vai querer saber também se o psicólogo(a) tem competência e domina o assunto.

E quando falamos em ter autoridade, significa produzir conteúdos relevantes que ajudem sua audiência a resolver um problema ou que possa contribuir de alguma forma em um contexto de aprendizado sobre determinado assunto. Assim, as pessoas passarão a ter você como referência e quando necessitarem de um serviço de psicologia lembrarão de você.

E o marketing digital pode ajudar o profissional de psicologia a conquistar e fidelizar novos pacientes e também a se destacar dos concorrentes neste imenso universo. Veja como:

Tenha um site e um blog

 Primeiro ponto: Tenha um site bem elaborado. Você pode procurar profissionais de marketing digital ou designers que desenvolverão uma página na web bem estruturada. Caso você não possa investir, existem diversas plataformas gratuitas como Wix, Site123 e Weebly. Ter um site bem estruturado, com boas imagens transmite credibilidade.

Em seguida desenvolva conteúdos para o seu blog dentro do site. Mas pelo amor de Deus não escreva por escrever ou copie o cole matérias de outros sites. Tenha planejamento, entenda bem seu público-alvo e a personificação deste público, produza conteúdos que auxiliem quem está lendo a resolver um problema ou leve informação e aprendizagem ao leitor. Uma boa consultoria de marketing digital pode te ajudar nesse processo.

O blog também vai ajudar o seu site a aparecer naturalmente na busca do Google e seu conteúdo vai lhe proporcionar autoridade e credibilidade ao futuro cliente. Para saber que assuntos ou temas abordar peça feedback aos seus pacientes, ou faça uma pesquisa com alguns amigos próximos. Algumas ferramentas como Google Trends e planejador de palavras-chaves do Google, que são gratuitos, podem te dar bons insights.

Google Meu Negócio

O Google Meu Negócio é uma ferramenta gratuita e fácil de utilizar para os profissionais de psicologia e clínicas gerirem a respetiva presença online no Google, incluindo na Pesquisa e no Maps.

O Google meu Negócio ajuda os clientes a encontrarem você de forma fácil e rápida. É muito importante ter todas as informações preenchidas sobre você ou sua clínica como: Nome, Endereço, horário de atendimento, telefone, e-mail, endereço do site, serviços prestados, fotos sua e da sua clínica. Ainda é possível publicar artigos, notícias, eventos e promoções.

Uma estratégia bem interessante que eu sugiro aos meus clientes é incentivar a audiência a avaliar e comentar sobre seu serviço. Você pode estimulá-los enviando um e-mail, sms ou uma mensagem de agradecimento via Whatsapp com o link da avaliação da sua página do Google meu Negócio.

Outra vantagem é que você pode interagir e esclarecer dúvidas com os usuários que deixam mensagens na sua página. Quanto mais rápida e maior a interação, maior será o engajamento e consequentemente o vínculo e relacionamento que você criará com seu público-alvo, e você vai colher os frutos lá na frente.

Esteja presente nas redes sociais

Falando em relacionamento é imprescindível que você esteja presente e ativo nas redes sociais. Mas eu preciso estar presente em todas? Obviamente não. Antes de mais nada, você precisa entender em quais redes sociais seu público-alvo está. Se for no Instagram, tenha uma boa descrição na BIO, com emojis e hashtags, publique ao menos 1vez ao dia nos feeds, com fotos e vídeos. Use e abuse dos Stories.

Elabore um plano de comunicação, com os principais temas a serem abordados, levando sempre em conta conteúdos que sejam relevantes para o seu público-alvo. Interaja e use palavras que incentivem o usuário a interagir com você, os chamados call-to-actions.

Se for o Facebook, a orientação é praticamente a mesma. Para Youtube produza vídeos que levem informação ao público-alvo e se você for utilizar o Tiktok, produza vídeos curtos, divertidos, e com músicas sonoras.

Invista no Google Adwords

O Google Adwords é uma plataforma de publicidade do Google em que você cria anúncios pagos para que apareçam nas primeiras páginas do buscador quando o usuário procurar por uma determinada palavra ou assunto. Você só paga quando alguém clicar no seu anúncio. As vantagens em utilizar o Google Adwords são:

  • Impacta realmente quem está interessado no seu serviço
  • É Fácil de mensurar os resultados
  • Resultados mais rápidos do que pesquisa orgânica
  • Aumenta o reconhecimento da marca/serviço

Campanhas de E-mail Marketing

 O e-mail marketing ainda é uma estratégia de marketing muito eficiente, pois é possível estabelecer um engajamento com seu público-alvo e manter um canal de relacionamento com ele. Existem diversas ferramentas que podem automatizar o envio de e-mail sem que você tenha o trabalho de enviá-los. Dinamize e RD Station são ótimas nisso. Você pode personalizar os e-mails e criar fluxos de comunicação, além de poder mensurar os resultados.

Aposte no Podcast

 De acordo a Associação Brasileira de Podcasters (ABPod), há mais de 2 mil programas ativos de podcasts no país. Uma análise desse mercado foi feita em pesquisa conduzida pelo Ibope Inteligência: cerca de 40% da população de internet do Brasil, o que resulta em 50 milhões de brasileiros, já ouviu podcasts. Portanto, há bastante espaço para que esse conteúdo, bastante qualificado, cresça mais e mais nos próximos anos. 

Quais as vantagens desse formato?

  • Economia de dados, leveza e praticidade;
  • Não necessita de equipamentos sofisticados: basta um microfone;
  • Não é preciso acompanhar a transmissão ao vivo nem estar online;
  • Permite baixar o conteúdo e ouvi-lo a qualquer momento;
  • Existem vários programas de edição gratuitos: o Audacity é um deles;
  • Há um público cativo a partir dos 18 anos e que se estende até a fase adulta;

 

Também permite fidelizar a audiência e criar autoridade e engajamento com seus seguidores. Quem faz isso muito bem é a jornalista Regina Giannetti em seu podcast “Autoconsciente” que trata de assuntos como Ansiedade e Mindfluence.

*Ricardo Rodriguez é Fundador e Estrategista Digital da Close Marketing Digital

Gostou? Compartilhe